Crédito: Sargento Edmilson e Jeová Cardoso / CBMSE

Fonte: CBMCE

Localizar, socorrer, resgatar. Esse é lema do Curso Básico de Busca e Salvamento (SAR 005), da Força Aérea Brasileira (FAB), que capacitou mais 50 profissionais em Aracaju esta semana. O curso foi realizado no auditório do Quartel Central do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE), onde ocorreu a solenidade de encerramento na manhã desta sexta-feira (20).

Participaram do evento o subcomandante do CBMSE, coronel Luiz Henrique, o coordenador do Grupamento Tático Aéreo (GTA), tenente-coronel Fernando Góes, o chefe da subdivisão SAR do Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III) e coordenador do curso, major Márcio Vieira, o comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Aracaju (DTCEA-AR), capitão Luiz Teles, o superintendente executivo substituto da PRF em Sergipe, Tiago Carvalho, e a superintendente do SAMU Sergipe, Erica Junqueira.

O subcomandante do CBMSE, coronel Luiz Henrique, falou sobre a importância da integração entre as instituições para salvar vidas. “Foi uma honra para o Corpo de Bombeiros sediar esse curso e eu gostaria de parabenizar a vocês que se fizeram presentes, aos instrutores, bem como a todas as instituições que aqui estão representadas, porque o elo que nos une é a busca pela preservação da vida”, afirmou.

Segundo o coordenador, major Márcio Vieira, o curso visa nivelar o conhecimento sobre o funcionamento do Sistema de Busca e Salvamento (SISSAR) com os seus elos (PM, CBM, entre outros), sobre a sistemática de acionamento em caso de acidente ou incidente aéreo. “Agradeço a todas as corporações, principalmente o comando do Corpo de Bombeiros, por ter nos apoiado nessa semana. Parabenizo aos concludentes, a cada um aqui presente, pois somos partes dessa engrenagem, que quanto mais estiver afinada, sincronizada, melhor será o serviço de Busca e Salvamento em território nacional”, apontou.

A integrante do SAMU, Samanta Bicudo, foi a oradora da turma. “Chegamos ao final de um excelente treinamento, que certamente mudou a nossa forma de pensar e mudará a forma de agir, quando assim for necessário. Recebemos novos conhecimentos, estreitamos laços e fizemos outros. Aprendemos que, para que outros possam viver é preciso aplicar a lição número um, rapidez, e que para salvar vidas todos esforço é válido. Aos nossos instrutores que se disponibilizaram diuturnamente para nos passar com maestria o que eles sabem fazer de melhor a nossa gratidão e respeito, disse.

Participaram do curso integrantes da FAB, CBMSE, Exército, Marinha, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar (PM), AENA, Grupamento Tático Aéreo (GTA), Aeroclube, Defesa Civil de Aracaju e Estadual, Petrobras, SAMU e Associação Brasileira de Multirrotores (ABM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui