Ilustração: Beto Soares/Estúdio Boom

Fonte: Prefeitura de João Pessoa

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Regional João Pessoa (Samu-JP) agora conta com o ‘Enfermeiro Facilitador’ na Central de Regulação de Urgência. A iniciativa, lançada na tarde desta segunda-feira (22), objetiva diminuir o tempo resposta e agilizar o atendimento à população.

Segundo a coordenadora da Rede de Urgência e Emergência (RUE), Lídia Holanda, o serviço do Enfermeiro Facilitador já é utilizado em outros estados, como por exemplo Ceará e Rio de Janeiro, e agora chega à João Pessoa para dar celeridade à rede, como é um desejo antigo do prefeito Cícero Lucena.

“Esse enfermeiro não é só do Samu-JP, ele é um enfermeiro para atender à rede. Por exemplo, quando uma UPA estiver lotada, ele vai trabalhar para conseguir desafogar essa UPA para quando a demanda espontânea chegar tenha um leito vago. No Samu, quando uma ambulância estiver na rua e o médico estiver com várias ocorrências em tela, o enfermeiro vai poder auxiliar o médico mostrando onde tem leitos disponíveis. O tempo resposta é uma grande preocupação do prefeito Cícero Lucena e com o auxílio do enfermeiro, isso tem tudo para melhorar”, explicou Lídia Holanda.

De acordo com coordenador geral do Samu-JP, Galileu Machado, este projeto-piloto na Paraíba tem tudo para melhorar a qualidade do serviço. Segundo ele, em cada plantão terá um enfermeiro para auxiliar os médicos reguladores. 

“É um instrumento a mais que a gente está utilizando para melhorar o tempo resposta para a população ter uma celeridade no serviço. O enfermeiro veio para auxiliar o médico na regulação. Ele vai ser um enfermeiro não só do Samu, mas da RUE, para controlar leitos de retaguarda, leitos nas UPAs e, constantemente, vai ficar alimentando a planilha para que o médico possa regular de forma célere e correta”, explicou Galileu Machado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui