Divulgação/Ag. Sergipe
Data: 16/09/2015 / Fonte: Agência de Notícias do Sergipe

Aracaju/SE – Os avanços do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) são notórios e reconhecidos em todo o Brasil. Segundo a Revista Emergência, de circulação nacional e validada pelo Ministério da Saúde, o Samu de Sergipe está em primeiro lugar no ranking dos melhores Samus do país.

O secretário de Estado da Saúde, José Sobral, atribui os resultados positivos ao comprometimento da gestão estadual e a equipe do Samu Sergipe sob a coordenação da enfermeira Conceição Mendonça.

“Conceição é a profissional que mais montou Samus em todo o país. Quando acontece alguma catástrofe, ela é imediatamente convocada para organizar todos os processos. Ela é de Sergipe, um orgulho para nós”, destaca José Sobral, fazendo referência à superintendente do Samu 192 Sergipe, referendada com o Prêmio Anna Nery de Enfermagem, do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen).

Alguns itens foram colocados em destaque como importantes para o Samu sergipano ser o melhor o Brasil. Em efetivo (relação entre população e número de funcionários) o serviço dispõe de um funcionário para cada 2.018 pessoas. Em estrutura, Sergipe tem a melhor Central de Regulação do País e a melhor distribuição em bases descentralizadas. O Samu 192 Sergipe está em primeiro lugar em qualificação de RH, e em sexto lugar como o estado que contém bases em 36 municípios. Aracaju é a capital que está em segundo lugar com o melhor índice de recursos materiais (ambulâncias) sendo uma ambulância para cada 30.060 pessoas.

“O Samu Sergipe é o melhor do Brasil porque tem a mais eficiente e preparada equipe e uma competente gestão. A dedicação, a educação continuada e a vontade de sempre inovar e de fazer o melhor, levam Sergipe ao topo dos estados mais avançados em termos de atendimento de urgência e emergência”, enfatiza José Sobral.

Avanços
Dentre os avanços do Samu 192 Sergipe no ano de 2015, o secretário de Estado da Saúde pontua a adequação de 15 bases descentralizadas (que foram melhoradas, adaptadas e mobiliadas e sinalizadas), a inauguração de uma moderna Central de Regulação de Urgência, a estruturação do sistema de comunicação digital com GPS (todas as ambulâncias são georeferenciadas e é possível verificar através de uma tela, na Central de Regulação, onde a ambulância está localizada, proporcionando um maior tempo resposta), a aquisição de seis ambulâncias do Ministério da Saúde (3 entregues no mês de agosto e as próximas 3 serão ainda neste mês de setembro).

Além disso, foi feita a qualificação da Central de Regulação das Urgências (todo paciente que é atendido em Sergipe, sabe onde é a porta que será atendida em alguma unidade do Estado), retorno do sistema de telemedicina nas Unidades de Suporte Avançado e instituição de protocolos assistenciais para as equipes.

Educação continuada e permanente também está presente no Samu 192 Sergipe no ano de 2015. Através de campanhas de ação educativa contra o trote, foi possível diminuir a taxa em 15%, quando de 100 ligações, 45 eram trotes. Houve também a construção do Plano de Contingência para eventos de massa (Carnaval, São João, feriados prolongados) em parceria com a Rede Hospitalar e de Urgência e órgãos parceiros. O Samu também inaugurou a base descentralizada de Nossa Senhora das Dores e a reforma da base de Itabaianinha será entregue na primeira quinzena de outubro. O Samu Sergipe possui almoxarifado, farmácias e CME próprios, o que significa autonomia e controle, mantendo regular o abastecimento de materiais e medicamentos necessários das ambulâncias. 

Foi firmada, também, uma parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para realização de remoções aeromédicas por meio do Grupamento Tático Aéreo (GTA). “O Samu já realiza operações de resgate aéreo para pacientes cima de 200 quilômetros, nos locais extremos do Estado, com garantia de resolutividade e eficiência, por isso também é um dos melhores do Brasil”, reforça José Sobral.

O Samu 192 Sergipe também fez a aquisição dos trombolíticos, por meio de financiamento do MS, equipamentos que compõem a estrutura de socorro, proporcionando a estabilização dos pacientes. O serviço também firmou parceria com o Corpo de Bombeiros (Cobom), Polícia Militar, Polícia Civil e demais instituições para atendimento aos pacientes psiquiátricos (Sergipe possui, em média, atendimento de 400 a 430 com surtos psicóticos, associados à drogas, bebidas, etc).

Recentemente, o serviço tornou-se parceiro da Infraero para a instalação de uma base descentralizada no Aeroporto, objetivando otimizar o tempo resposta aos moradores da região. Além disso, o Samu 192 Sergipe realizou a construção e a operacionalização do Plano de Contingência para Acidentes com Múltiplas Vítimas (AMV) integrada com à Polícia Rodoviária Federal (PRF), Ciosp, SMTT, CORV, Rede hospitalar e de urgência pública, privada e filantrópica.

“Foi feita também a qualificação e a construção do fluxo do paciente crítico para a rede de urgência de Sergipe e a construção coletiva entre os profissionais para escolha dos gestores, como coordenadores médico, de enfermagem, administrativo e frota. São os próprios servidores que escolhem. São esses os elementos que transformaram o Samu Sergipe no melhor desempenhado no Brasil e precisamos reconhecer a participação efetiva de todos os servidores que integram a equipe. Conceição Mendonça e toda equipe estão de parabéns”, comemora José Sobral.

Leia mais:

Samu: Sergipe é um dos melhores do país segundo pesquisa validada pelo MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui